sábado, 18 de julho de 2009

ORGAZMO

orgazmo-uDVD

EUA (1997)

Direção: Trey Parker

Elenco: Trey Parker (Joe), Dian Bachar (Ben), Robyn Lynne Raab, Ron Jeremy, Juli Ashton e Chasey Lain

Lá pelos idos de 1999, sempre que largava o trabalho, na zona Norte, por volta das 17:30 eu ia voando até o centro de São Paulo. A operação era bem simples: desembarcava do ônibus da empresa e pegava o metrô até a República. Começava então uma peregrinação que partia da Rua 7 de Abril, passava pelas grandes galerias, cruzava o Viaduto do Chá, quebrava pela Rua São Bento e chegava até a praça João Mendes. Na praça ficava (fica) o Sebo do Messias e foi lá que eu comprei o VHS “Orgazmo” que faz parte da pré-história da minha coleção de filmes.

Assistir a esse vídeo reafirmou alguns conceitos que eu já tinha: ao chegar num sebo, arriscar a compra de filmes quando a capa ou o título é muito bizarro, sempre checar a parte das “barbadas” (aquela prateleira da loja que o proprietário coloca seus piores produtos a preços de banana) e fugir como o diabo da cruz das dicas dos grandes jornais, que na época estavam preocupados com umas histórias estranhas como cinema tcheco, cinema iraniano e outras coisas que se assemelhavam a um chute nos testículos.

Por falar em testículos, estes são os protagonistas invisíveis (nunca são mostrados, felizmente) em “Orgazmo”.

A trama se inicia com uma dupla de mórmons (Joe e Ben) com aquelas camisas brancas abotoadinhas, bíblia debaixo do braço ,discurso pronto,tocando a campainha da casa e sendo recebidos por um Ron Jeremy só de cuecas.

A casa era na verdade um set de gravação de um filme pornô e os dois religiosos acabavam de interromper uma cena. O diretor do filme desesperado para que os homens de Deus fossem embora logo, convida a dupla para comparecerem ao local no dia seguinte.

Amanhece e lá vão eles. Quando chegam presenciam o principal ator do filme pornô pedindo demissão e abandonando as filmagens. Desesperado e com prazos a cumprir o esperto cineasta convence os “mórmons” a participarem da “inocente” fita.

Ocorre que Joe e Ben além das preocupações religiosas, tinham como hobby a invenção de trecos e bancavam a todo o momento os cientistas malucos. Acabam por zoeira criando uma pistola que, julgavam de brinquedo, e disparava um raio invisível. Como todo nerd começam sempre a andar com as pistolas (armas).

No terceiro dia e já meio desconfiado sobre o tipo de filme que estão fazendo, chegam às gravações e discutem com o diretor dizendo que vão abandonar a gravação.

O diretor então solta uns capangas para dar um sossega leão nos dois fujões.

Para não apanhar bonito o Joe saca a arma e aponta para os leões de chácara. Como os fortões estão mesmo dispostos a machuca-los o Joe mira e dispara. Zóoiimmm... Uma revelação!

A arma emitia um raio do orgasmo. Uma vez disparada o indivíduo se contorcia todo e chegava ao clímax. Com a descoberta do poder das armas eis que o Joe bola a identidade do capitão Orgazmo e seu fiel ajudante o Orgazminho.

Chantageado pelo diretor, o Orgazmo , que tinha bom coração, perdoa a tentativa de agressão e cede participando de umas cenas do filme sacana. Claro que ele usa o dispositivo para acelerar as coisas.

Segue as confusões de praxe e o capitão Orgazmo vira celebridade local. Brinquedos, revistas e vídeos são vendidos explorando sua imagem. Um destes vídeos com o Orgazmo em cena cai nas mãos de sua noiva que fica possessa com a “traição (?)” e termina a relação. Nisso, para chantagear o herói que não queria filmar a parte 2 do filme erótico, uns lacaios seqüestram a noiva do rapaz e prometem só liberta-la se o Joe aceitar fazer a continuação. Claro que a pistola orgasmática acabará entrando em ação e salvará nossos pombinhos dos bandidos da indústria pornô.

Está com a moral baixa, aquela gata não olha mais para você ? Zóoimm conte com o Capitão Orgazmo !

***Bom

Um comentário:

Anônimo disse...

Busco por esse filme. Coisa de infancia mesmo. Não encontrei para baixar nem em sebos em São Paulo.
se voce tiver ele em MP4 ou outro arquivo digital, compartilhe comigo. meu e-mail ferguitar@ig.com.br

OS VINGADORES