terça-feira, 29 de maio de 2012

ARTE DA CAPA – JANINE LINDEMULDER

CLUB199704 PENT199103 ADAMFWGV13N08 CLUB199909 ADAM199409 CLUB199808 HIGHSOC200510 HIGHSOC200810 CLUB200002 GENESIS200509

BOING BOOM TSCHAK # 32

034 illustration,painting,robot,science,fiction,woman-a754e2ab104e7c30b16bc190af7dd300_h
No início dos anos 60 Vangelis  formou um grupo pop, o Forminx (ou "Formynx"), que se tornou muito popular na Grécia. Na época da agitação estudantil em 1968 mudou-se para Paris e fundou a banda de rock progressivo Aphrodite's Child com os integrantes Demis Roussos, vocalista, e Loukas Sideras. São conhecidos na Europa, como também no Brasil, as canções de sucesso: "Rain and Tears", "Marie Jolie", "It’s Five O’Clock" etc. O grupo se desfez em 1972, ainda que Roussos tenha feito diversas participações nos trabalhos de Vangelis. Vangelis iniciou sua carreira solo escrevendo temas para dois filmes do cineasta francês Frederic Rossif em 1973. Seu primeiro álbum solo oficial saiu em 1974, o Earth. Na mesma época, participou de ensaios com outra banda de rock progressivo, Yes. Embora nunca tenha feito parte da banda, tornou-se amigo do cantor Jon Anderson, com quem veio a trabalhar em algumas ocasiões.
FairlightCMI
Quando se mudou para Londres, Vangelis firmou contrato com a RCA Records, montou seu próprio estúdio, o (Nemo Studios), começando a gravar um série de álbuns respeitados de música eletrônica. Faixas do aclamado álbum Heaven and Hell de 1975 foram mais tarde utilizadas como tema da série Cosmos. Nos anos 80 e 90 produziu diversos álbuns em parceria com Jon Anderson Jon & Vangelis. Em 1982 Vangelis venceu na categoria do Oscar de Melhor Trilha Sonora Original por Chariots of Fire. O tema ficou no topo da lista da Billboard americana por uma semana. A música também apareceu no programa "Nações Unidas" do SBT. Outro programa da emissora a usar uma canção do músico foi o "Domingo Legal", quando dava notícias de última hora. A música em questão é Nucleogenesis Part 1. Em 1983, Vangelis lançou "Antartica", uma trilha sonora bastante conhecida que sonorizou documentários na primeira metade dos anos 90. Nessa época começou a trabalhar com o diretor Ridley Scott, Vangelis produziu o tema dos filmes Blade Runner e 1492 - A Conquista do Paraíso. Alguns dos documentários submarinos de Jacques Cousteau também levam a assinatura de Vangelis. Em 1992, a França o condecorou como Chevalier Order of Arts and Letters.
Omega – House Of Cards part 2
Orbit III – Moonwalk
Organisation – Silver Forest
Paddy Kingsland – Fourth Dimension
Pauline Oliveros – Reason
Piero Umiliani – Synthetic Water
Pierre Henry – Investigations-Structure
Popol Vuh & Roberto Cacciapaglia – Concerto Alla Statale di Milano
RCA Synthesizer Test – Size 2
Roger Roger – La Flute Ingenue
Synergy – Legacy
Tangerine Dream – Rubycon part 1
The Moog Machine – Aquarius, Let The Sunshine
Vangelis – Albedo 0.39 main sequence
no rádio:

baixe: MP3

RCD # 147

 

GERMANY

5001 Record Collector Dreams_0067  

5001 Record Collector Dreams_0068

5001 Record Collector Dreams_0069

(continua)

domingo, 27 de maio de 2012

rápido&rasteiro&rápido&rasteiro

Apreensão de CDs com softwares piratas no Brasil chegou a 213,6 mil discos durante o mês de maio, número 106% superior ao registrado em abril, de acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES) # A história do fundador do site Megaupload, Kim Schmitz, conhecido como Kim Dotcom, e a polêmica sobre a pirataria na internet inspiraram o documentário "Mega Conspiracy", sem previsão de lançamento por aqui # Abordar navios mercantes, invadir, pilhar, tomar o que é nosso, pirataria nas ondas do rádio, havia alguma coisa errada com o rei… # Comissão de juristas, que discute a reforma do Código Penal no Senado, aprova a liberação de cópias integrais de livros, CDs e DVDs, desde que para uso próprio # Lista dos dez romances mais vendidos da semana traz quatro livros de George R.R.Martin, quatro livros de Nicholas Spark, um de Collen Houck e um de Emily Giffin # Stephen King conclui a saga da Torre Negra com o lançamento de “The Wings Through The Keyhole”, no Brasil em novembro # Suspeita de racismo contra Alexandre Pires arquivada # Preparar a nossa invasão,e fazer justiça com as próprias mãos,dinamitar um paiol de bobagens e navegar o mar da tranquilidade…# Chico Formiga R.I.P. # Dias 2 e 3, Sérgio Mallandro Sem Censura no Teatro Municipal de Santo André # vem fazer glu-glu # O goleiro Dida é o novo contratado da Portuguesa Desportos # Hoje é aniversário da pornstar Anita Blonde (36) # Centenas de pessoas se reuníram ontem na Avenida Paulista para a segunda edição da Marcha das Vadias, protesto contrário ao machismo (Jesus amado…) # A atriz Deborah Secco confirmou que interpretará a cantora Joelma da banda Calypso no cinema # o filme deve estrear no começo de 2013, se o mundo não acabar até lá…# A cantora Lady Gaga cancelou o show que faria na Indonésia devido às ameaças dos grupos fundamentalistas islâmicos # não se esqueçam de fazer o mesmo se a doida decidir aportar por aqui… # Toquem o meu coração, façam a revolução que está no ar, nas ondas do rádio no submundo repousa o repúdio…

ASSUSTE UM, MATE DEZ MIL (O Estado de S.Paulo, 21 de abril de 1988)

front-dl
                      PEPE ESCOBAR
                         De Oxford
Enquanto vivemos o fim do seriado Kuwait Airlines, em Oxford, líderes espirituais e parlamentares discutem a tragédia da destruição da camada de ozônio, os milhões de abortos anuais e as ameaças de destruição da raça humana. E, enquanto Margaret Thatcher fecha os canais de comunicação do dalai-lama na Inglaterra, ele ganha a simpatia dos corações e mentes sensíveis do Planeta


     Terroristas e políticos, como se sabe costumam falar a mesma linguagem. Terrorismo, como se sabe, é uma maneira barata e eficaz de conduzir uma guerra. O princípio é o de uma antiga máxima militar chinesa: “Mate um, assuste dez mil”. À parte esse fato, terrorismo – nesta era que rejeita toda moral – fica muito bem na TV.
     Na semana passada, aqui em Oxford – enquanto a mídia planetária se banqueteava pantagruelicamente com o horror-movie Kuwait Airways -, cerca de 200 líderes espirituais e políticos do mundo inteiro se reuniram para debater a sobrevivência de nossa raça. Custo: um milhão de dólares. Título: Fórum Global dos Líderes Espirituais e Parlamentares pela Sobrevivência Humana. Dono da idéia: o japonês Akio Matsumura, ex-funcionário da ONU, conhecido como sr. Paz Mundial.
19880421-34708-nac-0070-cd2-2-not-hqpwqph
     Um belo contraste, este entre as tétricas pistas de aterrissagem de Larnaca e Argel e os gramados melancólicos de Oxford (cuja universidade está em crise financeira, já que universidades não figuram nas prioridades de Margaret Thatcher). Madre Teresa veio de Calcutá, encontrou-se com Thatcher, soltou apelos através da imprensa sensacionalista e avisou: “A maior ameaça à raça humana é a matança de crianças inocentes”. Leia-se “aborto”. Madre Teresa ocultou um detalhe: há cerca de 50 milhões de abortos neste planeta por ano – quase 100% ilegais, e as vítimas, como sempre, são os deserdados e os iletrados. Poderia ser discutido o probelma da superpopulação no plano ético: qualquer sistema – e qualquer sociedade – que “pune” seus excluídos de uma maneira tão violenta é, por princípio, injusto.
     Estudiosos como Frederick Sai, assessor do Banco Mundial, voltaram a avisar que a queima de combustíveis fósseis poderá transformar algumas das terras mais produtivas do planeta, como a Ucrânia e o midwest americano, em subdesertos. Outros voltaram a lembrar a destruição da camada de ozônio, que já afeta os microorganismos nos quais se baseia toda a cadeia de produção dos alimentos.
     A figura mais importante desse encontro em Oxford foi sem dúvida o dalai-lama – líder espiritual do Tibete (deve visitar o Brasil em breve). Que indivíduo extraordinário ! Ele nos passa uma impressão de honestidade e compaixão extremas, envoltas em uma paciência e uma determinação inabaláveis. O dalai-lama não é apenas um líder espiritual: é um líder temporal. Os chineses invadiram o Tibete em 1950, quando ele tinha apenas 15 anos (e já era o dalai-lama). Nove anos depois, foi para o exílio na Índia e nunca mais voltou à sua terra ocupada. Só volta com a independência. Pelo menos um sexto da população tibetana foi torturada ou assassinada pelos chineses, que tentaram apagar a língua, cultura e principalmente o budismo tibetano. Não conseguiram.
     O governo de Margaret Thatcher – em mais uma demonstração de sua finesse diplomática – recusou receber o dalai-lama em sua visita à Inglaterra (queriam impedir até mesmo a viagem). O Foreign Office o proibiu de dar uma entrevista coletiva sobre questões políticas. Afinal Thatcher está de olho no delicado problema de devolução de Hong Kong e não pode estragar as relações sino-britânicas.
20091003-5-10-1989
     Os ingleses chegaram ao coup de grace de reconhecer o Tibete como um país separado e, ao mesmo tempo, o direito dos chineses em ocupa-lo. Em um rápido encontro com jornalistas, o dalai-lama não falou de política: só de maneira transversal, com um finíssimo senso de humor. Em Oxford, deu longas caminhadas com o arcebispo de Canterbury, Robert Runcie. Discutiram suas respectivas responsabilidades como líderes espirituais. Continuaram a conversa do ano passado, em Assis, quando dividiram uma mesa redonda sagrada com o papa no dia da prece pela paz. O arcebispo, pouco depois, soltou um comunicado alertando para o fato de que as guerras santas, no século 20, não só não acabaram, como continuam provocando comoção no planeta.
     Ao contrário do que se poderia esperar, em Oxford não se discutiu tecnologia. Discutiu-se filosofia e moral. Conclusões, claro, são impossíveis. Mas sobrevive um recado para líderes políticos em geral:prestem atenção ao fato de que religiões continuam tendo uma importância tremenda para a maior parte da raça humana. Para o comum mortal, é o que conta, e não fantasias demagógicas de políticos e tecnocratas. O planeta só poderáser salvo da destruição com atos globais de altruísmo ? Muito bem: mas o apelo só será eficaz se convergir para o sagrado, e não para contingências.
     Depois de suas preces e seus avisos, o dalai-lama foi embora, de volta a seu exílio e à sua luta espiritual – assim como os outros líderes. Pouco depois, Israel em Tunis e EUA no Golfo aproveitaram para cometer pequenas jóias do terrorismo de Estado. E o seriado Kuwait Airways caiu alguns pontos no Hit-parade eletrônico – até que o próximo aeroporto volte a se converter em lápide funerária, símbolo do crepúsculo de uma raça.

Iconografia tibetana.

 

funny-gifs-lego-clone-trooper-is-pretty-tough

AMANHÃ É SEGUNDA-FEIRA (Chico Bento nº 11, 1983)

 

Editora Abril

Page-25 

Page-26

Page-27

RCD # 145

 

AUSTRIA

5001 Record Collector Dreams_0061  

5001 Record Collector Dreams_0062

SWITZERLAND

5001 Record Collector Dreams_0063

(continua)

sábado, 26 de maio de 2012

bill_clinton_el_diablo

NO MORE HEROES # 63

68th1855
O excêntrico King Diamond elevava o som do Mercyful Fate com um estilo que subia e descia de um falsete ecoante para um grunhido angustiado. "Pareciam músicas gravadas hoje em dia, mas que podiam ter sido escritas há muito tempo", declara Diamond sobre Melissa. "Era preciso trabalhar muito o som, claro, mas sempre com aquelas letras singulares. Eu nunca ouvi nenhuma outra banda que soasse como aquilo. Mesmo a mais simples das passagens havia sido escrita com sentimento, e as pessoas conseguem reconhecer o Mercyful Fate ouvindo apenas algumas notas".
(Ian Christe)
Voivod - Macrosolutions to Megaproblems
Accept - Generation Clash
Accept - Chain Reaction
Carcass - Reek Of Putrefaction
Megadeth - Rattlehead
Megadeth - Chosen Ones
Ministry - Supernaut
Razor - Armed and Dangerous
Saxon - Rough and Ready
Steve Vai - The Riddle
Stryper - Honestly
Voivod - Best Regards
Vulcano - Dominios Of Death
Vulcano - Holocaust
no rádio:

baixe: http://www.divshare.com/download/15091705-262

ARTE DA CAPA – MAY ANDERSEN

 

000000376763-may_andersen-fullsize may andersen may andersen2 000000222312-may_andersen-fullsize 000000372477-may_andersen-fullsize 000000087332-may_andersen-fit 000000200551-may_andersen-fullsize 000000012555-may_andersen-fullsize 000000057244-may_andersen-fullsize 000000057245-may_andersen-fullsize