segunda-feira, 30 de março de 2015

INSTITUTO RELVAS NA EBAL

a maior n.2 setembro de 1978

KAALA PATTHAR

NSP_0622a

ALL COPS ARE BASTARDS nº1 (1992)

 

Barcelona

image

image

image

image

MANUELA

(2002)

10

NOTÍCIAS POPULARES

1450131_181470242050563_2053474940_n

O PLANETA LAMMA DE DAMIÃO EXPERIENÇA V

th (2)
DAMIÃO EXPERIENÇA
ADEUSADOLFHITLER1945FIM
Lado UOC
Pão
Vou dizer o nome dele
É Damião Experiência

Vou dizer o nome dele
É hippie, é beatnik
É Adolf Hitler, É Bob Marley
É Isabelita Perón...

Vou dizer o nome dele
É Bob Marley..., ô!
Vou dizer o nome dele
É Adolf Hitler
Vou dizer o nome dele
É Damião Experiência
Vou dizer o nome dele
É Planeta Lamma
Vou dizer o nome dele
É Coronel Kadhafi
Vou dizer o nome dele
É Havana...

É Cuba, é Havana, é Cuba
Vou dizer o nome dele
É América Central
Vou dizer o nome dele
É hippie, é beatnik, é Damião Experiência
É minha mãe Sarafina Pereira Franco
É Damião Ferreira da Cruz
Tô fazendo meu disco
Com meu próprio dinheiro..., ô!

Ele veio de longe
Ele veio de longe demais
Foi no Planeta Lamma
Que eu conheci aquele rapaz
Cuca boa, avançado e com crença
Vou dizer o nome dele
Damião Experiência

Quando ele passa
Chama logo a atenção
Cabelo e barba longa
No seu ombro, seu violão

Ele veio de longe
Ele veio de longe demais(...)
Ele veio de longe... oh yeah

<interlúdio lammês>
ulô! Damião Filhadá! oh yeah!
Ô! Planeta Rose!
olê, olê, olê, olê, holê-á, holê-á, holê-á, holêêê...
<lammês>

Quando ele passa
Chama logo a atenção
Cabelo e barba longa
No ombro, seu violão

Vou dizer o nome dele
É beatnik
Vou dizer o nome dele
É hippie, é Damião Experiença

Ele veio de longe
Ele veio de longe demais(...)
Vou dizer o nome dele
Damião Experiência... oh yeah!

Quando ele passa (...)
Ele veio de longe...

<interlúdio lammês>
ôôô... Edith Piaf!
------------------------------------------

Quando desapareceu
os otários [mané]
O que será dessa mulher?

Aqueles otarião que acha que as mulheres direitas
São aquelas que conta tudo pra eles,
Tanto o bom quanto o ruim,
Elas não gosta deles não!
Querem ver o fim deles.

Mas mesmo assim, oh yeah
Mas mesmo assim, quero voltar pra você,
Mulher traidora
Que não quer me entender, ô!
Vivo a sofrer por você
Mulher traidora que me faz sofrer
Não quer me entender
O meu sofrimento por você
Mulher traidora
Não vivo sem você, não vivo sem você,
Quero voltar pra você
Não vá se arrepender
Se eu encontrar a estrela das rua
Não ponho o meu pé mais na sua rua.

Aqueles otários que acha que as mulheres direita
São aquelas que conta tudo pra eles,
Tanto o bom como o ruim,
Elas não gosta deles,
Querem ver o fim deles.

Mas mesmo assim, quero voltar pra você,
Mulher traidora
Que não quer me entender
Eu vivo a sofrer por você,
Mulher traidora
Que não quer me compreender, oh yeah
Vou procurar a mulher das rua,
Porque na minha casa...
Vou procurar a mulher das rua,
Porque na minha casa não tem lua, não tem lua
Não vá se arrepender
Se eu encontrar a estrela das rua
Não ponho o meu pé mais na sua rua, ô!

<lammês>
------------------------------------------
Não sou peixe,
Mas tenho escama
Sou Damião do Planeta Lamma
Meus cabelo tem um mistério
Falo pouco mas falo sério

<lammês>
------------------------------------------
Ai, moreninha
Moreninha meu xodó
Eu quero você
Para ser [...]
Por isso estou aqui tão só
Venha me aquecer com o seu lençol

Ai, moreninha
Moreninha meu xodó
Não vivo sem você
Por isso estou aqui tão só
Venha me aquecer com o seu lençol

<lammês>
------------------------------------------
O mundo foi bem feito
Todo mundo tem defeito
Ninguém é direito
Todo mundo tem defeito
O mundo foi bem feito
Todo mundo tem defeito
Ninguém é direito

Não adianta prender
Não adianta matar
Não adianta bater
Vocês tem que entender

Não adianta prender
Não adianta bater
Não adianta matar
Vocês tem que entender

Vocês só sabem criticar
As mulheres das rua
E os travestis
E a mariposa
Não sabem vocês
Que eles são ser humano
Gerado de vocês

Vocês tem que entender
O mundo é uma lição
Não existe campeão
Ninguém é superior ao outro, não
Ninguém é melhor do que o outro, não
Isso tudo é ilusão
Dentro do coração
Isso é repressão dos gorilão
Não adianta bater
Não adianta prender
Vocês tem que entender

O mundo é uma lição
Não existe campeão (...)

Vocês só sabem criticar
As mulheres das rua (...)

Não adianta bater (...)
O mundo é uma lição
Não existe campeão (...)

O mundo foi bem feito (...)
Não adianta prender (...)
Damião Experiença cantando, ô!
Damião Ferreira da Cruz fazendo quatorze discos
Com o próprio dinheiro, ô! ô!
Planeta Rose!
------------------------------------------

Tô na praia de Ipanema
Encontrei uma menina
Com um maiô cor de rosa
Encontrei uma menina
Na praia de Ipanema
Encontrei uma menina
O nome, Planeta Rose

Ela usa maiô
De listra cor de rosa
E vermelha
Ela falou pra mim assim
Seu disco tem que ser chamado
Planeta Rose!, Rose, no meu cabelo
Vermelho no meu maiô
Cor de rosa vai vestir meu maiô, yeah
Aquelas meninas da praia de ipanema
São tudo grilada em mim
Elas diz uma pra outra
Damião Experiença
É muito louco
Tem cabelo grandão
[tem pente que tão-ão]
Tem os olhos vermelhão e tá muito loucão
Oh yeah esse é o Planeta Rose

Ê vamo nessa lá na frente
É Damião Experiença ô!
------------------------------------------

Õ futebol de mulher
Só se joga mulher
Elas usam sapatão
Pra jogar bolao
Ô joga bola, joga bola, joga bola, mulé
Amostra que vocês sao mulé
E da olé
E faz gol de colher

Õ futebol de mulher
Só se joga mulher
Juiz tem que ser mulé
Õ futebol de mulher
Só se joga mulher
Ô joga bola, joga bola, joga bola, mulé
Amostra que vocês sao mulé
E faz gol de colher
E dá olé, e dá olé

------------------------------------------
------------------------------------------

ADEUSADOLFHITLER1945FIM
Lado SOM
Leite (parte 1)
Damião Experiença.
<música em lammês>
------------------------------------------
DAMIÃO EXPERIENÇA
ADEUSADOLFHITLER1945FIM
Lado SOM
Leite (parte 2)
<introdução lammês>
Eu quero ser [o rei], yeah
Quero comer papel higiênico
Vocês [por aí] com a minha música
[...] papel higiênico
Damião Experiença
Vocês deviam proibir o papel higiênico
Eu sou o Damião, papel higiênico, ô!
Vocês sempre precisa de mim
Vocês que proíbe tudo
Eu sou o papel higiênico, oiê!
Eu bato na sua porta
Vocês sempre precisa de mim, ô!
Ô! [....]
Ela não tá com nada
Eu sou um homem livre, oiê!

Quem tá falando aqui é Damião Experiência
Quando eu morrer, meus direitos autoral
QUando eu morrer, meus direitos todos
É pra União Soviética

Quando eu morrer, tudo que pertence a mim,
Quem tá falando aqui é Damião Ferreira da Cruz!
É Damião Experiença!
Todos meus pertence será da União Soviética!
Meus direitos das minhas música!
Todos os direitos autorais!
É da terra onde eu nasci!
Eu nasci na União Soviética, Moscou!
Minha mãe é cubana!
Meu pai é russo!
Quando eu morrer!
Eu quero ser enterrado
No primeiro país do mundo!
O mundo de primeira categoria!
A Rússia, a União Soviética!
Tudo que pertencer a mim
Será tudo de Moscou!
A terra onde eu nasci!
Meus dependentes são a União Soviética!
Presidente, presidente da Russia
Da URSS
Olha as música minha pro senhor!
Tudo que pertencer a mim será da União Soviética!
Quem tá falando aqui é Damião Experiença!
Quando eu morrer, todos os meus direito
Será pra União Soviética!
Eu quero ser enterrado na União Soviética!
Eu quero ser cremado na União Soviética!
Oh yeah! Oh yeah!

------------------------------------------
DAMIÃO EXPERIENÇA
ADEUSADOLFHITLER1945FIM
Lado SOM
Leite (Parte 3)
<introdução lammês>
[A mulher que eu queria]
Mas ela sempre fazia
De mim uma galinha
Eu amo as mulheres
Mas mulher para mim
Tem que ser sapatão
Eu gosto de mulher sapatão
Que é a mulher

Você sabe que a mulher sapatão
Ela é muito legal
Ela vai pra rua
Arranja uma mulher pra ela
Outra pro marido dela
Elas são muito inteligente
Ela pensa igual o homem
Ela é homem igual o homem
Por isso que eu gosto das mulher lésbica
Que são as mulheres mais civilizada
E são mais legal
E são mais... bacanal
Eu gosto de mulher sapatão
Porque é o meu fraco
Eu deixo ela no fogão
Fazendo feijão
Eu sou o Damião
Experiença
Que ama as mulher sapatão
Porque a mulher sapatão
Pensa igual o homem
Elas são livre
Elas vão para a rua
Arranja uma mulher pra ela
Outra para o homem dela
Ô! Minha mulher sapatão
E é muito legalzão
Por isso que eu digo pra você
A mulher que depende do homem
Ela é uma mulher inútia
Ela é escravizada
Pelo troço do homem
Ela bota o homem no fracasso e na desgraça

Ô! Ô Damião Experiença!
Eu não quero sua mulher não
Ô otarão
Ela não gosta de você não
Se ela gostasse de você
Não botava você contra eu
Eu digo pra você
Quem que é esse bofe que você tem em casa?
Eu não gosto de bofe não
Eu gosto é de mulher sapatão
Porque ela é muito legalzão

Eu digo que um dia aconteceu
Foi com minha personalidade
Fui passar pela União Soviética
E lá eu fui campeão
Do meu bolão, ô!
Ô joga bola
Ô joga bola, joga bola
Ô joga bola Maradona
Ô mostra que você é um cara bolão
Que combinou com Isabelita Perón
Isabelita Perón é meu pulmão
Ela é meu coração, ô!

Eu digo pra vocês
Que eu vou lutando por esse mundo afora
À procura de um sucesso
Para ser campeão
Ô amor, volte para mim
Não deixa eu sofrer com esse pulmão.

------------------------------------------
------------------------------------------

nota: as partes entre colchetes foram mal entendidas.
Letras de Damião Ferreira da Cruz
Transcrição por GJ
Rio de Janeiro - Planeta Lamma - 2006

CHICO INVESTE MILHÕES EM CAVALOS ! (Contigo nº172, março de 1976)

N274